USO DA VÍRGULA PARA SEPARAR/REFERIR UNIDADES

         Logo que os alunos dominem a numeração que abranja as centenas já poderemos realizar jogos matemáticos, usando a vírgula ou o ponto para referir (reduzir ?!!) o número às várias unidades conhecidas. Para isso precisamos que os alunos ao escreverem os nºs usem o amarelo ou o azul para as unidades, o vermelho para as dezenas e o verde para as centenas  (por exemplo), porque só a posição relativa dos algarismos não chega para gente tão pequena. Então diremos aos alunos que vamos compor um número em cima da secretária do professor que os alunos lerão. Será, por exemplo, composto por 2 caricas verdes, 3 vermelhas e 4 brancas (ao escrever é amarelo ou azul). Os alunos lerão 234.

 

      Pois, está bem, dirá o professor, porque nós fazemos caso de todas as caricas, e vão todas ao passeio como os meninos, por isso a vírgula (cartão com vírgula desenhada que se pode por em pé) está no fim do nº.

         Agora, dirá o professor, vamos por a vírgula (o tal cartão) entre o 3 e o 4.

   Não são contadas para irem “ao passeio”.

 

Então isso quer dizer que só fazemos caso das caricas (nºs) do lado esquerdo da vírgula e não queremos saber das que estão do lado direito e por isso deitamo-las fora (e com a mão, à vista dos alunos, deitamo-las ao chão por não interessarem) – (só vão ao passeio o 2 e o 3 que já se sabem portar bem, e o 4 não vai porque é muito pequeno). E então pedimos aos alunos para lerem o que ficou. É muito natural que leiam 23 dezenas porque é só o que vêem na secretária. E nós perguntaremos: E as que nós deitámos fora? (as que não vão ao passeio)

         Alguns dirão 4 unidades.

         Então concluiremos que se lê 23 dezenas (que vão ao passeio) e 4 unidades (as que não vão ao passeio).

         Depois reconstituímos o nº (caricas) e colocamos a vírgula/cartão  entre o 2 e o 3.

Não são contadas para irem “ao passeio”.

 Perguntamos: E agora de quais a gente quer saber? (As que vão ao passeio)

         Alguns dirão : das 2 verdes. (As que vão ao passeio)

         E de quais a gente não quer saber ? (As que não vão ao passeio)

         Das 3 vermelhas e das 4 brancas ou azuis.

         Ora deita-as para baixo para não fazerem confusão à gente. E um aluno fá-lo-á.

         E nós perguntaremos: E agora como se lê?

         Alguns dirão: 2 centenas (as que ficaram na secretária) (as que vão ao passeio).                                                                    

             E as que deitámos fora ? ( As que não vão ao passeio).

         Alguns responderão: 3 dezenas e 4 unidades ou 34 unidades. (As que não vão ao passeio).

         No mesmo dia ou noutro repetiremos o exercício, só que dizemos que o professor está com a voz estragada e por isso em vez de falar faz gestos e mostra letras, e os alunos fazem tudo o resto.

Então o professor manda pôr as caricas na secretária. Eles pô-las-ão sem dificuldade.

unidades

 

O professor mostrará um cartão que se põe em pé com a letra  U  à frente do nº, pedindo a um aluno que ponha o cartão da vírgula no sítio das unidades.

Ele porá a vírgula à frente do 4 que são as unidades. Então os alunos farão a leitura como atrás se disse. Reconstitui-se o nº.

 

    Não são contadas para “irem ao passeio”        

                    dezenas             

 O professor mostra agora um cartão com um  D escrito que porá à frente das caricas. Dá o cartão da vírgula a outro aluno que provavelmente a coloca onde o D manda; entre o 3 e o 4 .

Derruba-se o 4. Repete-se a leitura como atrás se fez.

         Reconstitui-se o nº.

                                           Não são contadas para “irem ao passeio”.

C  = centenas    

 Mostra-se um cartão com a letra C escrita e coloca-se à frente das caricas. Dá-se a vírgula a outro aluno que a colocará onde o C manda que é entre o 2 e o 3. Derrubam-se o 3 e o 4 que não interessam. Volta-se a ler o nº como no primeiro exercício.

         Depois, pouco a pouco, o que se faz com caricas, com a vírgula e U, D, C em cartões, vai-se fazendo em simultâneo no caderno e com canetas amarela ou azul, vermelha e verde.

         Mais tarde, já não são necessárias as caricas, eles já entenderam a mensagem, e farão tudo no caderno e com as canetas de cores.

         E a função da vírgula ou ponto está assimilada e os nºs decimais quase.

voltar ao índice