RESOLUÇÃO DE INEQUAÇÕES 

      No tema XI tratámos das propriedades fundamentais das operações e da sua concretização com as réguas Cuisen’eu e no tema III dos sinais de  igual, maior e menor. Fazendo uma revisão daquela matéria, isso servirá de propedêutica para trabalhar as inequações. Interessa que comecemos com equações e inequações cujos nºs sejam os dígitos, para que os cálculos possam ser acompanhados mentalmente pelos alunos.                                                                                                                                             Partamos da equação 2 + 3 = 5 e concretizem-se as propriedades fundamentais das operações e escrevam-se os resultados.                                                                                  Resultará:                               Equações

   Agora passemos às inequações.                                                                                                              2 + 3  < 6 ou +  Concretizem-se as propriedades fundamentais das operações e repare-se na concretização com as réguas Cuisen’eu  que o sinal menor terá que ficar sempre com a abertura para o 6 , que é o maior ,e onde quer que esteja o 6  para lá se deverá virar a abertura do sinal.

 Então resultará: 

                                                                                                                                                   

 É fácil concretizar com as réguas Cuisen’eu, e ver que os sinais maior e menor mudam de posição, mas sempre na procura  do número maior, ou do menor,  respectivamente.                                                                                                                                                                                       .      Vejamos noutro exemplo:   2 + 3 > 4 ou –   

Se o sinal tem o vértice virado para o menor que é o 4,  o vértice acompanha  o 4 para onde ele for.Vejamos a equação 2 x 4 = 8 e concretizem-se as propriedades fundamentais das operações com as réguas Cuisen’eu, escrevendo os resultados. Resultará:                                       

                                              Passemos às inequações             2 x 4 > 7 ou -  e concretizem-se as propriedades fundamentais das operações com as réguas Cuisen’eu, e vão- se escrevendo os resultados. Resultará:

Depois de bem concretizado e sistematizado, que em termos de tempo não é significativo por ser  facilmente assimilável, passemos a introduzir-lhe a incógnita.                                                             Resultará como nos exemplos seguintes.                                                                                                         Problema                                              A mãe do João deu-lhe 5 rebuçados e o pai deu-lhe 3. Mas o João chorará se não tiver mais do que aqueles que lhe deram. Quantos rebuçados terá de ter o João para não chorar?                   X  r                       

                                 

                                                             2º Problema                                                                             O José tem 6 bombons e a Maria tem 8. Quantos bombons poderá a mãe dar ao José  para ele ficar com mais do que a irmã?           X b

                     

                                                                         3º Problema

A Rita comprou 2 caixas com 3 bombons cada uma,  mas a irmã quer ter mais bombons do que ela. Quantos bombons pode ter a irmã?  X b

                       

                                                                4º Problema

O Rui tem 6 berlindes e o Pedro vai comprar  sacos com 2 berlindes cada um. Mas quer ficar com mais berlindes que o Rui. Quantos sacos precisa de comprar o Pedro ? X s             

                             

                                                      5 º Problema

O Gil tem 6 canetas e o irmão quer comprar caixas de 2 canetas cada uma, mas quer ficar com menos canetas do que o irmão. Quantas caixas vai comprar o irmão ? X c

voltar ao índice