PERÍMETROS

         Arranjemos um arame zincado relativamente fino e suficientemente moldável.   

         Peguemos numa figura geométrica dos blocos lógicos - por exemplo - e vamos moldar o arame à volta dessa figura. Quando a volta estiver feita cortemos o arame. À vista da turma, separemos o arame da figura - dum lado fica o perímetro e do outro a superfície.

         No caso das figuras geométricas com vértices, vincar bem o arame, fazendo-lhe nítidos os ângulos e os vértices.

         Daremos então a cada aluno uma figura e um pedaço da arame para que cada um faça o perímetro da sua figura. Dificilmente depois os alunos confundirão superfícies com perímetros. E não foi preciso haver discursos do professor, mas tão somente manipulação do material pelos alunos.

         Agora convém fazer a aplicação prática em situações problemáticas.

         Então peguemos no arame definidor do perímetro que moldámos e com o alicate cortemo-lo pelos vértices, obtendo tantos segmentos de recta quantos os lados  da figura (exceptua-se a circunferência, perímetro do círculo, por não ter vértices).

voltar ao índice