ALGORITMOS USUAIS

          O algoritmo é uma técnica de obter o resultado duma operação o mais rápido e seguro possível. São técnicas realmente engenhosas em que os adultos se adestram no sentido de fazerem rápido, poupando tempo. As pessoas acabam por fazer os algoritmos sem saberem os porquês dos passos e nem isso interessará muito.

         Digamos que os algoritmos são as máquinas de calcular dos nossos avós. Também hoje as pessoas efectuam os cálculos com as modernas máquinas de calcular sem se procurar saber como nem porquê aquela “geringonça” funciona. Ela é feita para dar o resultado rápido e eficiente.

         Digamos que os algoritmos são o único tema da Matemática em que se admite queimar e ocultar etapas em benefício da rapidez de chegar ao fim.

         Procura-se aqui o gozo do resultado final, enquanto em toda a Matemática se deve procurar o gozo do percurso. É como se o trabalho do algoritmo correspondesse a uma prova ciclista por etapas e o resto da Matemática, que é quase toda, correspondesse ao cicloturismo.

         Não admira portanto que quase todos os professores, no ensino dos algoritmos, usem a didáctica do “desenrasca”, arquitectando técnicas engenhosas e labirínticas de  queimar etapas e abreviar o aparecer dos resultados. E quanto ao assunto não nos merece mais comentários, tanto mais que com o aparecimento dos novos algoritmos que são as máquinas de calcular, os velhos algoritmos - as contas - terão dias tristes ou mesmo contados.

voltar ao índice